passaporte para fluencia banner

Filosofia e Sociologia em escolas de todo o país pode ser porta aberta para teólogos

A decisão do ministro da Educação, Fernando Haddad, de homologar, no último dia 11/8, o Parecer 38/06 do Conselho Nacional de Educação (CNE), que torna obrigatório o ensino de Filosofia e Sociologia no ensino médio de todas as escolas públicas e privadas do país, oferece uma oportunidade para cristãos que, ao estudarem Teologia, já tiveram contato próximo com estas duas ciências, e que desejam ampliar seus conhecimentos, capacitando-se para lecionar.

A decisão foi comemorada por educadores que viram nela uma esperança de resgate do espírito crítico na juventude brasileira. “Estamos reintroduzindo o ensino crítico e oferecendo aos jovens a possibilidade de entender melhor o mundo em que vivem”, afirmou o ministro, que, ao decidir pela obrigatoriedade, resgatou uma reivindicação antiga dos educadores: a de dar seqüência ao que já dispunha a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), permitindo aos jovens brasileiros ampliar horizontes. É dado o prazo de um ano - a partir da homologação - para os estados se adequarem à medida.

Na opinião da socióloga Elizabeth Fonseca, da Comissão de Ensino da Sociologia, a homologação do Parecer 38/06 é um passo decisivo e um desafio grande na educação. "Estamos comemorando uma grande vitória", afirmou João Carlos Sales, da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia. Já o presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Thiago Franco, destacou a importância de formar cidadãos com espírito crítico, com melhor poder de raciocínio e compreensão do mundo. "É fundamental saber sociologia e filosofia para compreender as demais disciplinas", comentou.

A decisão do CNE e MEC beneficiará mais de nove milhões de estudantes de 23.561 escolas de ensino médio do país. O ensino de filosofia e de sociologia já é obrigatório em Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e do Distrito Federal. É opcional na Paraíba e no Rio Grande do Sul. Fonte: MEC

Atualizada: Sábado, 20 Setembro 2014 10:43