banner ferramentas coaching 128x90

Editoras evangélicas vão lançar novos livros dos best-sellers Rick Warren e Phillip Yancey

As editoras evangélicas aproveitaram a Feira Internacional do Livro, em Frankfurt, em outubro de 2009, na Alemanha, para fechar a compra de direitos editoriais de pelo menos dois livros, lançados com pompa durante o evento, e que prometem fazer enorme sucesso em 2010. O livro "The hope You Need", do consagrado escritor Rick Warren, teve os direitos adquiridos pela Editora Vida. Warren ficou mundialmente conhecido pela série "Uma Vida com Propósitos". O livro já vendeu mais de 40 milhões de exemplares em todo mundo. A Editora Mundo Cristão, por sua vez, adquiriu os direitos do mais recente livro do escritor americano Phillip Yancey, um dos mais importantes teólogos da atualidade. Mas os admiradores de Yancey, que também é jornalista, terão de esperar muito ainda. "Travellling Words", que ainda sequer tem título em Português, só será lançado no Brasil no segundo semestre de 2010. A Mundo Cristão tem ainda mais motivos para comemorar. A empresa não só investiu como também lucrou com a ida à Alemanha. A editora vendeu os direitos de edição do livro "O pequeno Peregrino", adaptação do best-seller O Peregrino, de John Bunyan, para crianças. A história se passa no sonho de um menino, Cristiano, no qual ele é convidado para um banquete real e, para isso, se aventura num bosque cheio de surpresas. Ele está disposto a enfrentar tudo para não perder o banquete. O livro foi escrito pelo contador e ilustrador de histórias infantis Paulo Debs. A obra chamou a atenção de vários agentes literários e já foi vendida para o mercado espanhol. Mas, em breve, estará sendo lida por crianças chinesas, coreanas e japonesas. "Assim como no original, em “O pequeno peregrino” os pequenos leitores serão inspirados a rever a própria trajetória de vida enquanto acompanham a grande aventura de Cristiano rumo ao palácio real. Cada personagem que se apresenta diante do pequeno aventureiro tem um simbolismo em si sobre os sentimentos que uma pessoa enfrenta na busca pelo seu ideal na vida cristã ou secular" explica a editora. O Brasil aproveitou a oportunidade econômica para fechar, ou iniciar, boas parcerias já que o mercado editorial evangélico americano, o mais potente do planeta, só agora está dando sinais de reaquecimento, após a crise econômica mundial. "Eles estão em ritmo lento, bem lento, e isso se refletiu na feira. O potencial de venda deles (dos americanos) foi menor este ano e nós aproveitamos para mostrar nosso potencial de conteúdo", comentou um dos editores brasileiros presentes ao evento. (por Marcelo Dutra)