passaporte para fluencia banner

Prêmio Areté 2009 contempla 22 editoras

O anúncio dos vencedores da 19ª edição do Prêmio Areté de Literatura, principal entre as editoras evangélicas do Brasil, aconteceu na noite de sexta-feira, 27 de novembro, no Hotel Braston, em São Paulo. Areté é uma palavra grega que significa excelência. Reunidos desde quinta-feira em Congresso, os editores cristãos escolheram o pastor Ed René Kivitz, da Igreja Batista de Água Branca em São Paulo, como a personalidade literária do ano de 2008. Um total de 22 editoras foram contempladas com pelo menos uma premiação de um total de 35 categorias. O Areté 2009 premia os livros publicados durante o ano de 2008, e foram mais de 500 títulos inscritos em trinta categorias diferentes. Veja aqui a lista completa dos premiados. Em uma disputa marcada pelo equilíbrio entre as editoras, os destaques ficam por conta da Editora Vida, que alcançou mais títulos premiados, totalizando seis prêmios, a Editora Mundo Cristão que obteve o prêmio de Livro do Ano pela obra “Ortodoxia”, a Edições Vida Nova com “Mangá Messias”, premiado como Inovação Literária, e pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), cuja obra “A Bíblia das Descobertas” arrebatou os prêmios de melhor Bíblia, Ilustração Infanto-Juvenil e melhor Projeto Gráfico. Na categoria Aconselhamento, os vencedores foram “Curso Vida Nova de Teologia Básica” de Silas Molochenco, no âmbito nacional, e “Superando a Tristeza e a Depressão com a Fé”, publicado pela Arte Editorial escrito por Richard Baxter. Na categoria Apologética, a CPAD levou o primeiro prêmio pela obra “A sedução das Novas teologias”, de Silas Daniel, no âmbito nacional, e a Mundo Cristão foi premiada com “Ortodoxia”, de G.K. Chesterton. Veja também a lista de todas as obras finalistas. (por Marcelo Dutra)