banner aprenda ingles 728 x 90

Perspectivas 2010: Reestruturação da Funai e os 100 anos de indigenismo no Brasil

O decreto de reestruturação da Fundação Nacional do Índio (Funai), assinado em 28/12 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além de precisar ser alvo da atenção de missionários cristãos envolvidos na tarefa de evangelização dos índios, também cria a oportunidade de um espaço de influência através dos cerca de 3 mil cargos que poderão ser disputados em concursos públicos até 2012.

Segundo o governo, o decreto "complementa as ações do governo federal direcionadas ao fortalecimento da instituição, tendo em vista que em 2010 serão comemorados os cem anos do indigenismo no Brasil. Faz parte de um conjunto de medidas que visam a adequar a atual estrutura da Funai à realidade da questão indígena brasileira. A medida também busca o fortalecimento da capacidade de gestão descentralizada, com o objetivo de fazer com que o papel do órgão seja cumprido com maior agilidade e eficiência. E pretende promover a ampliação da cobertura de atendimento da Funai, a partir de uma estratégia organizada de abordagem e tratamento para cada povo indígena, de acordo com a cultura, a etnia, o território e a densidade demográfica".

"O reforço na estrutura do órgão também se faz necessário para o tratamento de problemas sociais vivenciados pelas populações indígenas ligados a questões como conflitos fundiários, saúde indígena, grilagem, tráfico de drogas, populações isoladas, entre outros."

Última atualização: Sábado, 30 Agosto 2014 11:13