passaporte para fluencia em ingles banner

Vida cristã autêntica em meio à árdua rotina do médico

O artigo devocional do dia 18 de outubro (Dia do Médico no Brasil) na página da associação de médicos cristãos do Reino Unido ("Christian Medical Fellowship", sediada em Londres) tinha o objetivo de manter a vitalidade cristã na vida do médico recém-formado. Segundo o texto, "os primeiros dias após a sua qualificação são muito ocupados e o jovem médico, muitas vezes, carece de sono e fica exausto. Também pode ser um momento de separação dos amigos, família e fontes normais de renovação espiritual". O texto bíblico mencionado foi "É por graça que fostes salvos, mediante a fé - e isto não vem de vós, é dom de Deus". Efésios 2:8. Leia trechos do artigo de Edward Mote que também é parte do livro de leituras devocionais diárias para o ano todo "The Doctor's Life Support".

"São 3 horas da manhã e o seu bip tocou pela segunda vez na última meia hora. Você quase chora de frustração, cansaço e tristeza. O corpo humano não é feito para lidar com a situação de um médico de plantão num hospital. Você vai, mecanicamente, realizar a tarefa necessária, desejando ir para sua cama e dormir. E se pergunta como vai sobreviver - como pessoa, como membro de uma família, e como cristão.

 

"Em momentos assim, precisamos deixar que a palavra viva e poderosa de Deus fale ao nosso coração. Nossa salvação não depende nem uma fração de 1% de nós mesmos. É totalmente, 100%, obra de Deus. Planejada na eternidade pelo Pai, realizada totalmente na cruz pelo Filho, que, como nosso representante e substituto, morreu levando o castigo justo pelos nossos pecados. E mais: é aplicada aos nossos corações pelo Espírito Santo. Até mesmo a fé que exercemos é dom de Deus, não podemos produzi-la por nós mesmos.

 

"Assim, quando nossa sobrevivência espiritual parece em jogo, porque estamos cansados demais para orar, demasiadamente ocupados para estudar as Escrituras, muito preso à rotina do hospital e, assim, sem tempo de participar das reuniões da igreja e da adoração, é bom lembrar que somos salvos pela graça. Interrupções temporárias na nossa cooperação na obra santificadora de Deus não faz diferença para a nossa justificação. Deus entende a nossa fadiga e frustração, e diz: "A minha graça te basta" (2 Coríntios 12:9). Então, no meio do cansaço físico e mental, vamos descansar nele, porque sua promessas nunca falham".

 

Como leitura complementar, Mote sugere dois textos do Novo Testamento: Efésios 2:1-10 e Romanos 3:21-31.

 

Leia mais devocionais para médicos, no site da Christian Medical Fellowship (em inglês).

 

Atualizada: Terça, 04 Outubro 2011 16:59

pergunta biblica estudo capa a capa w500