banner aprenda ingles 728 x 90

Bispos argentinos pedem emprego e salários dignos para a população

A Igreja Católica argentina, que já havia manifestado preocupação com a inflação, agora volta sua voz contra o governo outra vez, pela criação de mais postos de trabalho e por salários dignos para os trabalhadores. Bispos da Pastoral Social, reunidos em Mar del Plata, recordaram que estas tarefas econômicas são prioritárias do Estado. "O emprego dignamente remunerado é o autêntico caminho para a inclusão social", afirmaram em documento divulgado com destaque na primeira página do principal jornal argentino, Clarin, nesta segunda-feira, 25/6. Eles também rechaçaram as "condutas consumistas e materialistas" que não valorizam o trabalho.

Eles também reafirmaram seu compromisso "de promover o desenvolvimento integral e erradicar a pobreza", contribuindo para transformar a Argentina numa "nação mais igualitária".

Embora tenham deixado claro que o resultado do evento não tem "espírito de confrontação", alguns leitores do jornal, em seus comentários à matéria sobre o documento da igreja, levantaram suspeitas de uma aliança de oposição ao governo entre o jornal e lideranças católicas argentinas.

Leia a matéria "Fuerte reclamo de la Iglesia: pide empleo con salarios dignos", na íntegra, e seus comentários.
Veja a primeira página do jornal Clarín de segunda-feira, 25/6, no anexo abaixo.

Atualizada: Segunda, 25 Junho 2012 18:29