banner passaporte para a fluência chave do plano para falar ingles

CNBB defende políticas públicas de "atenção continuada" para jovens infratores

A falta de políticas para jovens infratores foi apontada pela Campanha da Fraternidade de 2009 como um dos principais desafios relacionados à segurança pública do Brasil. A campanha é uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e foi lançada em 25/2, com o tema Fraternidade e Segurança Pública. Segundo o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, "o trabalho com o adolescente infrator é uma espécie de patinho feio na administração pública. Uma hora ele está na Secretaria de Direitos Humanos, outra na de Justiça, e essas constantes trocas não permitem uma atenção continuada".