pregacoes evangelicas passo a passo

Membro do governo do Paquistão assassinado por defender minorias religiosas considerava que estava naquele posto pela vontade de Deus

Dias antes de ser assassinado por radicais islâmicos no Paquistão, o ministro de defesa das minorias religiosas daquele país, Shahbaz Bhatti, conversou pessoalmente com o secretário executivo da Aliança Evangélica Mundial, em Washington, EUA, sobre a situação paquistanesa e planos de uma visita dos líderes evangélicos a sua capital, Islamabad. Bhatti disse aos líderes evangélicos que, ao ser reempossado no gabinete do governo do Paquistão, houve “uma onda de alegria e encorajamento entre as minorias religiosas de todo o país, especialmente na comunidade cristã”.

Na volta ao Paquistão e um dia antes de ser assassinado, num e-mail para o secretário geral da Aliança Evangélica Mundial, Geoff Tunnicliffe, comentando o recente encontro, o ministro Bhatti disse: "Eu pessoalmente acredito que Jesus Cristo, mais uma vez, me concedeu essa responsabilidade e posição com um propósito especial e missão de servir à humanidade que sofre, e estou determinado a continuar defendendo os princípios da liberdade religiosa, da igualdade humana, da justiça social e os direitos das minorias".

 

Numa de suas últimas palavras, Bhatti convocou os cristãos de todo o mundo a lembrar do Paquistão com solidariedade.