pregacoes evangelicas passo a passo

Bíblia Sagrada na Tradução Brasileira é relançada pela SBB

Bíblia Sagrada na Tradução Brasileira é relançada pela SBB

Um clássico da literatura bíblica volta a ser editado pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Trata-se da Bíblia Sagrada na Tradução Brasileira, uma obra histórica que levou 11 anos para ser concluída (1903 a 1914). Tendo sua primeira edição publicada em 1917, foi um projeto de tradução pioneiro, por ter sido totalmente realizado no Brasil.
       
Também conhecida como Versão Brasileira ou Versão Fiel, a Tradução Brasileira contou com uma comissão de tradução formada por notáveis da literatura nacional, entre os quais Rui Barbosa, José Veríssimo e Heráclito Graça, que atuaram como consultores linguísticos. Liderada por Hugh Clarence Tucker, missionário metodista norte-americano, integraram, ainda, sua comissão de tradução líderes religiosos do Brasil e Estados Unidos, com destaque para Hipólito de O. Campos, Antônio B. Trajano, Alfredo Borges Teixeira, John M. Kyle e John R. Smith.

A Tradução Brasileira ganhou renome pela fidelidade ao sentido original. Chegou a ser conhecida como “Bíblia Tira-Teima”. Seu relançamento está fundamentado em dois grandes pontos: ela é um marco histórico e um documento que auxilia, em muitos casos, a compreender a origem das formulações encontradas na tradução de Almeida Revista e Atualizada.

A nova edição trouxe algumas alterações e atualizações em relação ao texto bíblico de 1917. São elas:

  • Atualização gramatical e ortográfica, de acordo com as normas atuais da Língua Portuguesa.
  • Utilização das formas aportuguesadas adotadas na tradução de Almeida Revista e Atualizada na grafia dos nomes próprios. Originalmente, na Tradução Brasileira, os nomes haviam sido transliterados, como, por exemplo, Jehoshaphat, Habakkuk, Nebuchadnezzar e Zephanias. Na nova edição, os nomes aparecem grafados como Josafá, Habacuque, Nabucodonosor e Sofonias, respectivamente.
  • No caso do tetragrama, isto é, nome de Deus no Antigo Testamento, foi mantida a forma originalmente adotada pela comissão tradutora, havendo apenas uma atualização gráfica (de Jehovah passou para Jeová). Importante destacar que a forma “Jeová” resulta da vocalização do tetragrama YHWH como Adonay (“meu Senhor”).

 A versão atualizada da Tradução Brasileira também está disponível em formato eletrônico, podendo ser encontrada no pacote de traduções oferecido pela Bíblia Digital Glow e, em formato ePub, nas lojas virtuais Gato Sabido (www.gatosabido.com.br) e Livraria Saraiva (www.livrariasaraiva.com.br). Siga @abibliaeojornal no Twitter.


Atualizada: Sábado, 11 Junho 2011 10:41

pergunta biblica estudo capa a capa w500