Maior feira do livro do mundo busca soluções lucrativas para a ameaça digital e mira no mercado chinês

São três as grandes discussões da Feira do Livro de Frankfurt que começou na terça-feira, 13/10, e termina dia 18/10: os aparelhos portáteis com visor eletrônico sem brilho ¬- os e-readers, o difícil acordo da indústria editorial com a biblioteca do Google Books, que digitalizou e quer disponibilizar na íntegra milhões de livros na Internet, e as críticas ao fato da China ser a convidada de honra desta edição da feira, apesar da censura e do poder estatal sobre a indústria editorial naquele país. Quanto às transformações por que passa a indústria do livro com a digitalização e circulação virtual das obras, a maioria dos autores e editores se sente ameaçada. Mas todos sabem que o processo é irreversível. O desafio, para eles, agora, é descobrir como continuar lucrando (de preferência, muito!) nesse novo contexto. As críticas à escolha da China como convidado de honra na exposição literária alemã, recebem uma contra-argumentação bem prática dos executivos da organização: o mercado chinês é imenso e não pode ser ignorado. O business, como sempre, falando mais alto... inclusive mais alto que a necessidade de defesa do direito universal à liberdade de pensamento e expressão. (Por Lenildo Medeiros)

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.