"As drogas mataram o Rei do Pop?", pergunta o jornal Daily Telegraph

Um dos principais jornais da Europa publicou em sua cobertura sobre a morte do cantor Michael Jackson (em 25/6, aos 50 anos) a íntegra da declaração do irmão do cantor, Jermaine, em entrevista coletiva ainda no hospital, confirmando o fato. Relata o jornal Daily Telegraph o que disse o familiar do astro: "Meu irmão, o lendário Rei do Pop, faleceu na quinta-feira, 25 jun às 2:26h. Acreditamos que ele sofreu um ataque cardíaco em sua casa, no entanto, a causa de sua morte é desconhecida até que os resultados da autópsia sejam conhecidos. O pessoal da equipe médica que estava com ele no momento tentou ressuscitá-lo". O jornal também perguntou, em manchete no dia seguinte ao falecimento do astro: "As drogas mataram o Rei do Pop?" No subtítulo, o diário inglês informou: "A parada cardíaca de Michael Jackson foi provavelmente o resultado do abuso de drogas analgésicas, disse o advogado da família, que declarou que o cantor era viciado em auto-medicação contra dor". As indicações de dependência de analgésicos também foi mencionada na matéria citando relatos de que o cantor estava tomando Demerol, uma poderosa medicação semelhante à morfina, e os opiáceos Dilaudid. Mas ressaltou que somente após exames toxicológicos e autópsia tais informações poderiam ser confirmadas.

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.