Mapa 2009 da perseguição a cristãos

A missão evangélica Portas Abertas divulgou em 20/2 um relatório com a classificação do grau de intolerância para com os cristãos ao redor do mundo. A Classificação de países por perseguição, que divide os países em cinco graus, que vão de “perseguição severa” a “alguns problemas”, serve para nortear a elaboração de estratégias missionárias e como lista de motivos de oração. Também chama a atenção sobre a questão da liberdade religiosa dos cristãos na sociedade atual. Este ano, dois novos países entraram na lista dos dez onde há maior perseguição: Somália e Eritréia. Segundo a Missão, "no caso da Eritreia, o número total de pontos não teve alteração em comparação ao ano passado, mas outros países saíram do Top 10 e fizeram com que ela subisse. No entanto, a situação deplorável dos cristãos deste país justifica muito sua posição entre os dez mais perseguidos. Na Somália, o número de incidentes contra cristãos aumentou substancialmente em 2008, explicando assim seu aumento de décimo segundo para quinto lugar". Outro comentário do relatório é sobre a Coréia do Norte, que tem liderado a lista por sete anos consecutivos: "não há nenhum outro país no mundo onde os cristãos sejam perseguidos de uma maneira tão horrível e tão cruel". Arábia Saudita e Irã, Afeganistão, Maldivas, Iêmen e Laos também entram na lista. Segundo o relatório, "o islamismo é a religião predominante em sete dos dez primeiros países: Arábia Saudita, Irã, Afeganistão, Somália, Maldivas, Iêmen e Uzbequistão. Dois países possuem governos comunistas: Coreia do Norte e Laos. A Eritreia é o único país ditatorial entre os dez piores da lista". Leia aqui a íntegra do texto "Classificação de países por perseguição de 2009.

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.