Poder do voto religioso cresce em um estado laico

Grupos cristãos, em especial os evangélicos, se organizam politicamente no RN e podem decidir eleições locais e nacionais, diz o jornal potigua Diário de Natal. Segundo o periódico, "O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que 20% da população brasileira seja evangélica. No Rio Grande do Norte, o mesmo órgão calculou, em 2009, que mais de 430 mil eleitores potiguares seriam fieis de igrejas protestantes. O número representa quase 25% do eleitorado do Estado".

"De acordo com o cientista político João Emanuel Evangelista, a formação dos grupos evangélicos não ocorre de forma unânime. Ele afirmou, em entrevista ao Diário de Natal, que nas próprias igrejas existem grupos que discordam em determinados temas. "Há um número muito grande de igrejas evangélicas com distintas orientações, inclusive teológicas. É um erro considerar todos os evangélicos como a expressão de um tipo de religiosidade conservadora e atrasada, como se ouve em alguns setores elitistas", declarou."

Leia a íntegra da matéria na fonte Diário de Natal.

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.