Sudão: começa referendo que pode separar sul cristão do norte muçulmano

Ao que tudo indica, vem aí mais um país africano. Um referendo popular começou hoje e os correspondentes internacionais da grande imprensa informam que “quase todos” vão votar pela criação de um nova nação, com a emancipação do sul do Sudão, de maioria cristã, do norte do país, de maioria muçulmana. A votação terá sete dias de duração, mas uma multidão foi votar logo no primeiro dia. Nas imagens da BBC e CNN na TV, mesmo tendo que enfrentar filas as pessoas dançam e cantam alegremente aguardando a sua hora de escolher a divisão do país. Em Juba, “capital” do sul do Sudão já há muita gente comemorando a independência. O referendo é o cumprimento de um acordo de paz assinado em 2005 pondo fim numa guerra civil que durou 20 anos.

Segundo o site da rede inglesa BBC, “os líderes do norte do país, de maioria muçulmana, prometeram respeitar o resultado do referendo, que pode criar um país de maioria cristã ou de religiões tradicionais”. Mas quem é contrário à divisão alerta que há ameaças de “instabilidade” na “nova” nação. Dentre os observadores internacionais do processo eleitoral, um evangélico, o ex-presidente norte-americano Jimmy Carter.

 

Separei três links para você ler mais sobre esta possível divisão do Sudão: BBC (texto traduzido para o português), Aljazeera e CNN (ambos em inglês).

Atualizada: Domingo, 09 Janeiro 2011 16:31

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.