Mudanças da economia mundial e a tarefa missionária

  • Por Lenildo Medeiros
  • Publicado em economia
  •  

Os dirigentes de organizações de missões transculturais há muito tempo já perceberam as relações existentes entre temas como finanças internacionais, câmbio e blocos econômicos e a capacidade de enviar missionários e sustentá-los em regiões não alcançadas pelo evangelho em outros países. Na primeira reunião ministerial do governo Dilma Rousseff, o ministro da Fazenda Guido Mantega apresentou um estudo que pode ser útil na compreensão deste momento econômico mundial, que tanto interfere na vida de agências e missionários. Num trecho do documento, ele fala das mudanças da geopolítica em quadro econômico mundial comparativo entre os anos de 2002 e 2010 para mostrar algumas transformações importantes.

Em outro slide da apresentação “Perspectivas da Economia Brasileira 2011-2014. Consolidando o Desenvolvimento”, o ministro descreve a evolução mensal do valor da moeda brasileira em comparação com o dólar e o euro, desde janeiro de 2009.

 

No gráfico “Estado de Bem Estar Social. Evolução das Classes Econômicas. Em % da população e milhões de indivíduos”, a demonstração da entrada de quase 30 milhões de brasileiros num nível de vida com mais bem estar social e participação no consumo de bens e serviços.

 

Veja abaixo os anexos com as imagens da apresentação do ministro Mantega na reunião ministerial.

 

 

Mudancas na Geopolítica: Quadro Econômico Mundial em 2010

Valorização das moedas em relação ao dólar dos Estados Unidos.

Estado de Bem Estar Social. Evolução das Classes Econômicas. Em % da população e milhões de indivíduos

Atualizada: Terça, 25 Janeiro 2011 16:22

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.