10 Ideias para uma Tributação mais Justa. Veja cartilha do DIEESE e Sindicato de Auditores da Receita

Quer 10 sugestões para a reforma do sistema de impostos no Brasil? O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), com apoio de centrais sindicais, te dá. A cartilha "10 Ideias para uma Tributação mais Justa" é um bom exemplo de como a sociedade civil organizada pode interferir e influenciar para ajudar na construção de um país mais justo e solidário que faria, como consequência, as famílias mais felizes.

Segundo os autores, a iniciativa tem o objetivo de auxiliar no início de uma proposta de uma reforma tributária de interesse da sociedade como um todo. Dizem que "as sugestões chegam no exato instante (2013) em que sociedade e setores produtivos discutem reformas na cobrança de impostos, taxas e contribuições". Na essência, defendem "que a maior carga de impostos incida sobre quem tem mais condições de pagá-la".

Veja a seguir as dez ideias da cartilha do DIEESE e Sindifisco:

1. Aumentar a transparência sobre a tributação;
2. Desonerar a cesta básica – uma forma de reduzir o impacto dos impostos para as famílias de menor renda;
3. Tributar os bens supérfulos e de luxo – nesta lista entrariam de bebidas alcoólicas a cigarros, alcançando itens como joias e perfumes;
4. Corrigir a tabela do Imposto de Renda e aumentar a sua progressividade;
5. Tributar os lucros e dividendos distribuídos;
6. Melhorar a cobrança do imposto sobre herança e doações;
7. Aumentar os impostos sobre a propriedade da terra – em 2011, a cobrança de ITR correspondeu a somente 0,04% da carga tributária;
8. Tributação sobre a remessa de lucros;
9. Cobrar IPVA sobre embarcações e aeronaves – quem tem um carro de 1.000 cilindradas, paga o imposto anualmente. Mas quem é dono de um iate ou de um jatinho, nada recolhe;
10. Instituir o imposto sobre grandes fortunas.

Leia a cartilha "10 Ideias para uma Tributação mais Justa", na íntegra.

Atualizada: Sábado, 21 Novembro 2015 14:06

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.