Maranhão debate educação com projeto de Estatuto do Magistério

Na Bíblia, o apóstolo Paulo exorta aos que têm o dom de ensinar: que haja dedicação ao ensino. E a educação também entrou na pauta de discussões no estado do Maranhão em junho de 2013 com a entrega do Projeto de Lei do Estatuto do Magistério pela governadora Roseana Sarney à Assembleia Legislativa.

O texto, que passou dois anos sendo discutido por representantes do Governo e do Sindicato dos docentes, passou à alçada dos deputados e, por representação, ao povo (pelo menos é o que se diz, em tese).

O Maranhão, com altas taxas de analfabetismo (quase 20%), um dos mais baixos índices de desenvolvimento humano entre os estados brasileiros (em torno de 0,647) e cerca de 4% de suas crianças fora da escola, não pode desperdiçar este momento e fazer uma séria reflexão sobre temas como o sacerdócio da atividade do professor, melhores condições de trabalho, qualidade do ensino, avaliação de professores e alunos, mais dinheiro público para a educação que chegue ao seu destino final, sem corrupção, entre outros.

Veja no anexo desta matéria a íntegra de uma versão do Projeto de Lei do Estatuto do Magistério.

Atualizada: Sábado, 20 Setembro 2014 09:52

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.