Programa muda hábito alimentar de crianças e adolescentes

O aumento do consumo de frutas e verduras entre os alunos, de 4 a 14 anos, da rede Sesi/Senai, em São Paulo, foi um dos saldos positivos contabilizados pelo programa "Prazer de Estar de Bem", do Comitê de Alimentação da Fiesp. Ao completar um ano de atividades, 24% dos estudantes passaram a consumir mais do que duas frutas por dia. No início do trabalho, apenas 13% tinham esse hábito. Já o índice de rejeição ao consumo destes alimentos caiu de 33% para 14%. Também foi verificado que 8,5% dos alunos conseguiram reduzir o Índice de Massa Corpórea. "A idéia do programa é demonstrar que a alimentação adequada reduz o custo de saúde pública. Avanço nesse sentido é muito oportuno em nosso País, onde 150 milhões de habitantes dependem do atendimento do setor público, suprido precariamente pelo Sistema Único de Saúde", avaliou o presidente da Fiesp, Paulo Skaf. O "Prazer de Estar Bem" foi levado a 285 escolas do Estado de São Paulo, pertencentes às redes de ensino Sesi/Senai, atendendo 230 mil alunos que participaram de palestras, debates, concursos, oficinas, além de receberem orientações sobre os alimentos, suas funções e como montar cardápios equilibrados. Para auxiliar a fixação dos conceitos, foram distribuídas mais de 200 mil cartilhas com dicas e sugestões sobre hábitos alimentares, atividades físicas e como evitar o sedentarismo. "Os alunos foram estimulados a levar o aprendizado para casa, envolvendo seus familiares", afirma a diretora do Departamento de Alimentação do Sesi, Tereza Watanabe.

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.