Uruguai decide legalização da maconha e combate abuso de álcool

maconha2Comunicado da Secretaria de Imprensa da Câmara dos Deputados do Uruguai, conta que, depois de onze horas de discussão em plenário, os deputados daquele país aprovaram um projeto de legalização do cultivo e comercialização da maconha.

Diz o comunicado: "Às 23:30h e depois de 11 horas de debate, a Câmara aprovou, por 50 votos dentre 96 legisladores presentes, o projeto que controla e regulamenta a importação, produção, aquisição, armazenamento, comercialização e distribuição de maconha e os seus derivados. A iniciativa (que vem do próprio presidente José Mujica) segure agora para apreciação do Senado."

Se aprovado no Senado, o Uruguai será o primeiro país em que o Estado controlará a produção e a venda da droga.

A oposição diz que isso não é o melhor para a juventude e que "é preciso dar a todos jovens a possibilidade de estudar, trabalhar, ter uma família, e não a maconha."

Mujica argumenta que o projeto é para "tirar clientes do narcotráfico, uma atividade que considera pior que a droga".

Se o projeto for aprovado no Senado, será criado o Instituto de Regulação e Controle da Maconha para regulamentar o cultivo, o consumo e a venda da droga. O órgão também estabelecerá um registro voluntário de consumidores, que poderão adquirir até 40 gramas de maconha por mês. Também será permitido o cultivo para consumo próprio com um máximo de seis plantas por pessoa e 480 gramas por colheita.

ABUSO DE ÁLCOOL

alcoolismoAinda sobre o tema das drogas, no mesmo período o Governo uruguaio enviou ao Parlamento um projeto de lei para regulamentar o mercado de álcool. O secretário da Presidência, disse: "Não é uma questão puritana contra o álcool, mas sim combater um comportamento abusivo que tem mudado a relação entre as pessoas e causado impactos negativos na vida das família, na sociedade, no aumento da violência e na deterioração de muitos padrões de convivência".

A autoridade uruguaia lembrou ainda que as duas drogas mais consumidas pelos uruguaios são o álcool e o tabaco. Cerca de quatro mil pessoas morrem por ano de fumo. Mas o álcool é a droga que provoca maior dano.

Saiba mais detalhes sobre o projeto de legalização da maconha no Uruguai.

Atualizada: Quinta, 01 Agosto 2013 14:47

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.