Aumenta o número de índios evangélicos

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) acaba de divulgar uma pesquisa – sobre tendências demográficas da população indígena com base nos resultados dos censos 1991 e 2000 – na qual é constatada um aumento no número de indígenas evangélicos, principalmente do ramo pentecostal. Entretanto, a maior parte dessa população, 58,9%, professa a fé católica romana. Segundo o trabalho realizado pela instituição de pesquisa, os índios evangélicos, que em 1991 representavam 13,6% da população indígena, em 2000 eram 19,9%. A pesquisa "Tendências Demográficas: uma análise dos indígenas com base nos resultados da amostra dos censos demográficos 1991 e 2000" também constatou outro dado muito importante: o aumento de 150% do número de total de índios. Segundo o IBGE, em 1991, o percentual de indígenas em relação à população total brasileira era de 0,2%, o equivalente a 294 mil pessoas. Em 2000, este percentual subiu para 0,4% da população ou 734 mil pessoas. A íntegra do documento "Tendências Demográficas: uma análise dos indígenas com base nos resultados da amostra dos censos demográficos 1991 e 2000" pode ser obtido gratuitamente na página do IBGE na Internet (www.ibge.com.br).

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.