Marina defende que Brasil lidere pelo exemplo para quebrar marasmo da COP-16

A senadora Marina Silva, do Partido Verde (PV-AC) afirmou que "o Brasil deve liderar pelo exemplo" ao defender que o país participe de um acordo entre todas as nações para que cada uma assuma compromissos e ações efetivas para enfrentamento das mudanças climáticas e que todos os grandes emissores assumam metas obrigatórias de redução de gases efeito estufa (GEEs). "Temos de manter o protagonismo assumido em Copenhague (na COP-15, no fim de 2009) para a promoção de políticas que respondam com urgência à crise climática", declarou a senadora durante seu último dia de participação da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-16), em Cancún, México. As informações são da assessoria da senadora.
Na avaliação de Marina, se o Brasil assumir esse posicionamento criará condições para o "constrangimento ético" dos grandes emissores de GEE (como EUA, Japão, Rússia e Canadá) diante da opinião pública internacional. Esses países se mostram refratários à continuidade do Protocolo de Kyoto, cuja vigência termina em 2012. O protagonismo brasileiro, segundo a ex-candidata do PV à Presidência da República, não deve parar aí. É preciso que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assine o decreto de regulamentação da lei que criou a Política Nacional de Mudanças do Clima e, em especial, qual será o teto de emissões estabelecido para 2020.

 

A importância do anúncio desta meta nacional fará com que se comece a discutir seriamente as cotas que cada país deverá cumprir para alcançar a redução necessária para evitar que a temperatura do planeta aumente mais que 2 graus Celsius.

 

"As emissões globais continuam subindo em ritmo acelerado e as expectativas de seu controle foram reduzidas. Temos de acabar com as omissões dos governos, assumir compromissos e mobilizar a sociedade global na construção de bases estruturais que assegurem o futuro da vida no planeta", concluiu Marina.

Pin It

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.