Cabeleireiro mostra que é possível praticar cidadania através da profissão

Projetos sociais em comunidades carentes costumam convidar profissionais para atuar como voluntários e prestar serviços gratuitos de primeira necessidade. Médicos, dentistas, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais, professores de educação física e outros profissionais revezam-se em eventos que se tornam espécies de mutirões da solidariedade.Entre esses está o cabeleireiro, que sempre marca presença e é muito importante para auxiliar na recuperação da auto-estima das pessoas.

No Rio, nesta terça, 31/10, um salão de beleza está realizando uma iniciativa solidária inovadora, demonstrando, mais uma vez, que é possível exercer cidadania através de todas as profissões. O salão de Beleza Jere & Alex Coiffer, na rua José Bonifácio, 705, lj K/I, no Méier, está oferecendo aos que participarem da campanha com 2 kg de alimentos não perecíveis a possibilidade de fazer de graça uma hidratação, cauterização ou nutrição capilar, e ainda ter descontos de 30% em qualquer outro serviço do salão.

Toda arrecadação de alimentos será destinada as comunidades carentes do bairro de Pilares e adjacências. No ano passado, foi arrecadada meia tonelada de alimentos e a meta, agora, é chegar a uma tonelada. Esse é o terceiro ano que o projeto acontece e seu idealizador, Jeremias Rodrigues de Oliveira, diretor do Salão explica as razões da iniciativa: “não consigo olhar todo esse quadro de miséria das pessoas e ficar parado.

Acredito que cada um pode contribuir para minimizar essa situação. Quem sabe essa proposta possa servir de exemplo para sociedades organizadas, tais como igrejas, associações de moradores e sindicatos”. Jeremias também tem ensinado sua profissão para lutar contra a pobreza e a falta de esperança dos jovens: “rodei várias comunidades capacitando pessoas para o mercado de trabalho”.

Atualizada: Quarta, 26 Novembro 2014 09:07

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.