passaporte para fluencia em ingles banner

Dez sugestões para o trabalho com terceira idade na igreja

  • Por Lenildo Medeiros
  • Publicado em terceira idade
  •  
Sugestões para trabalhar com terceira idade na igreja Sugestões para trabalhar com terceira idade na igreja

O Dia Internacional do Idoso (1 de outubro) é motivo de divulgação de artigos e reportagens especiais sobre estatísticas, legislação, iniciativas exemplares, desafios e perspectivas do tema. Aproveitar essas ocasiões para fazer um balanço do que é dito e dali tirar lições para o serviço cristão é um de nossos objetivos editoriais. Por isso, relacionamos a seguir o resultado de nossas leituras de matérias do Dia especial do idoso: Dez sugestões para aqueles que atuam em ministérios cristãos de apoio à terceira idade na igreja e na comunidade onde ela está inserida.

1) Promova atividades lúdicas, descontraídas e prazerosas, interna e externamente ao ambiente do templo, para grupos de pessoas idosas, tais como passeios pelo bairro, excursões e viagens de turismo, gincanas, eventos de dança de salão, pintura ou teatro.

2) Aprenda tudo sobre o Estatuto do Idoso, ensine às famílias os seus direitos e cobrem juntos das autoridades públicas o cumprimento da lei. Por exemplo, especialize-se na orientação às famílias sobre como obter seus direitos a atendimento médico e hospitalar tanto pelo SUS (rede pública) quanto nos planos de saúde. Leia tudo que puder e consulte especialistas. Lembre-se também do direito à alimentação. E procure entender o máximo de benefícios de aposentadoria e pensão, e de como ajudar o idoso a legitimamente conquistá-los. Sempre com o objetivo de saber como aconselhar as pessoas para fazerem valer seus direitos.

3) Desenvolva campanhas de conscientização para ajudar pessoas a identificarem e denunciarem violência e maus-tratos contra a pessoa idosa, e encaminharem as vítimas ao caminho da superação dos traumas.

4) Estimule a todos que convivem com idosos, e às próprias pessoas desta faixa etária, a promoverem a independência e a auto-estima desses indivíduos. Reflita sobre a Declaração dos Princípios para os Idosos das Nações Unidas (ONU), de 1982: I - Independência: os idosos devem ter acesso à comida, abrigo e cuidados médicos e ter oportunidade de trabalho e estudo na velhice; II - Participação: os idosos precisam permanecer integrados à sociedade; III - Bem-estar: os idosos precisam da proteção da sociedade e de contar com os serviços legais, como de assistência social e saúde; IV - Desenvolvimento: criar condições para que os idosos tenham acesso a recursos educacionais, culturais, religiosos e de recreação; V - Dignidade: os idosos necessitam da garantia de viver dignamente e em segurança, livres de explorações, discriminação e maus tratos.

5) Convide especialistas para palestras sobre as transformações físicas e emocionais que costumam atingir progressivamente as pessoas após os 60 anos. Ensine noções de cuidado no asseio cotidiano, nutrição e alimentação da pessoa idosa, chame a atenção para os perigos das quedas e outros tipos de acidentes.

6) Fale da importância da espiritualidade e da religiosidade. Exponha preceitos bíblicos que conduzem a um envelhecimento saudável.

7) Acompanhe e auxilie de perto os filhos no cuidado com os pais em sua velhice. Como diz Marleth Silva no Manual do Cuidador da Pessoa Idosa: “Muitos brasileiros estão enfrentando sozinhos as dificuldades trazidas pela velhice dos pais. Este isolamento tem um preço alto: por desconhecerem a realidade comum a todos os cuidadores, sofrem por coisas que não deveriam fazê-los sofrer. É um mundo de dor solitária e desnecessária”.

8) Preocupe-se com as questões de acesso, inclusive aos ambientes de oração e estudo bíblico. Lembrando, por exemplo, que escadas demais atrapalham. Ofereça um serviço de transporte gratuito para levá-los à igreja e de volta pra casa, assim como esteja disponível para socorrer numa emergência de saúde ou em outro tipo de necessidade especial. Visite pacientes e apóie regularmente abrigos, clínicas e hospitais geriátricos. E também é fundamental facilitar o acesso na questão educacional. Sempre procure currículos, metodologias e material didático e programas de educação cristã adequados aos idosos. Exemplo: publicações que facilitem a leitura, considerando a natural redução da capacidade visual.

9) Ensine a usar o computador através de cursos especiais para idosos. É preciso integrá-los cada vez mais à vida moderna.

10) Lembre aos filhos e netos o mandamento bíblico de “honrar pai e mãe”, fale da importância de respeitar os mais velhos e de dar ouvidos à sua sabedoria. (Por Lenildo Medeiros)

Atualizada: Domingo, 20 Setembro 2015 21:21

pergunta biblica estudo capa a capa w500