Educação e cultura indígenas

Informe da Assessoria da Secretaria Estadual de Educação do Acre pode servir, com algumas dicas e experiências interessantes, àqueles que se preparam para trabalhar com índios no Brasil. Veja a seguir alguns trechos.

"A Educação Indígena trata-se, por definição, de um ensinamento diferenciado das aulas urbanas", disse Zezinho Kaxinawa, assessor especial de Assuntos Indígenas

No Brasil, existem mais de duas mil escolas indígenas. Desde que a atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) foi sancionada, com número 9.394 em 20 de dezembro de 1996, o trabalho voltado para a assistência educacional aos povos indígenas cresce consideravelmente, buscando trabalhar e preservar as principais diferenças étnicas e linguísticas de cada povo.

No Acre, atualmente funcionam 125 escolas indígenas da rede estadual. Ao total, cerca de 4.586 alunos são atendidos nestas instituições, distribuídas em 176 aldeias e que contam com 454 educadores dessa área, com mais de 50% destes professores sendo índios, estatística que entra em contato com as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Indígena.

As ações da Educação Indígena já receberam destaque e veiculação na revista Nova Escola, em 2011, enfatizando o trabalho realizado pela Secretaria Estadual de Educação e Esporte (SEE) do Acre no sentido de respeitar, valorizar e preservar os conhecimentos e a cultura dos povos.

Para a reportagem, a equipe da revista visitou duas terras indígenas para ver como estudam os katukinas e puyanáwas. O que chamou a atenção foi o currículo como instrumento de valorização da língua e dos costumes indígenas das duas etnias, e o Projeto Político Pedagógico específico para cada comunidade, tendo como eixo norteador o fortalecimento da cultura e saberes locais.

No Acre, atualmente funcionam 125 escolas indígenas da rede estadual. Ao total, cerca de 4.586 alunos são atendidos nestas instituições.

Fonte: Secretaria de Educação do Governo do estado do Acre.

 

 

Atualizada: Terça, 03 Setembro 2013 20:26

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.