Organizações cristãs participam da formulação de Pacto que incentiva debate sobre juventude brasileira

Entidades evangélicas que integram o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve) participaram da formulação do Pacto pela Juventude, que foi lançado em Brasília, no dia 22 de julho. O Pacto contém 70 resoluções de Políticas Públicas para a juventude, sendo 22 prioritárias e tem por objetivo manter as discussões sobre os problemas enfrentados pela juventude brasileira e as políticas públicas que podem melhorar a vida do jovem. A Aliança Bíblica Universitária do Brasil (ABUB), Jovens com Uma Missão (Jocum) e Rede Fale representam os evangélicos no Conjuve e buscam defender princípios cristãos em discussões como o Pacto, que definem as ações do governo para a juventude nos próximos anos.

Dentre as propostas principais do Pacto estão a garantia e a visibilidade dos direitos dos negros, a ampliação dos investimentos na educação e a prática de esporte e da cultura como fundamentais para o desenvolvimento dos jovens. De acordo com o presidente do Conjuve, Danilo Moreira, há mais de 50 milhões de jovens na faixa etária de 15 a 29 anos no Brasil, e a atenção aos negros é fundamental para resolver outros problemas, além do preconceito. “A maioria dos jovens que sofrem violência nas grandes periferias são negros. Eles são vítimas por causa de questões sociais, econômicas e raciais”, destaca o líder.

Uma das representantes da ABUB no Conjuve, Sarah Nigri, explica que o Pacto tem como proposta “criar mecanismos de controle social sobre a implementação das políticas públicas de juventude, incentivar a formação de espaços de discussão sobre as resoluções aprovadas na Conferência Nacional, fomentar a criação de órgãos institucionais de juventude nos estados e municípios, enfim, fortalecer o diálogo entre os diversos segmentos da sociedade civil e entre estes e o poder público, além de efetivar uma política de juventude nas três esferas: municipal, estadual e nacional”. Ela enfatiza a importância da participação da juventude evangélica neste processo.

Os debates e ações do Conjuve são as bases que formularão as políticas públicas de juventude, ou seja, fundamentam as decisões do governo direcionados ao jovem nos próximos anos. “Como cidadãos, temos a obrigação de fiscalizar as ações do Estado e também temos o direito de participar da construção de alternativas para a superação das desigualdades sociais em nosso país”, afirma. Nigri acredita que a participação dos evangélicos nas discussões sobre juventude ainda deixa a desejar. “Precisamos reforçar no meio evangélico a noção de responsabilidade social do cristão e esclarecer que lutar pela justiça e pelos direitos dos excluídos não é uma questão de ‘caridade’, mas parte de nossos deveres como seguidores de Cristo”, enfatiza a estudante.

Conjuve

O Conjuve é o órgão consultivo da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), cujo objetivo é assessorar a formulação de diretrizes da ação governamental, promover estudos e pesquisas acerca da realidade socioeconômica juvenil, assegurar que a Política Nacional de Juventude do Governo Federal seja conduzida por meio do reconhecimento dos direitos e das capacidades dos jovens e da ampliação da participação cidadã. (por Priscila Vieira)

No site da Rede Fale você encontra outras informações sobre o Conjuve e a participação das entidades evangélicas na elaboração das políticas públicas de juventude.

Atualizada: Quinta, 17 Julho 2014 22:27

Se você gostou do que leu, queria sugerir três coisas:

1) Se quer que outros também sejam abençoados como você foi, compartilhe o link de acesso a este artigo nas suas redes de whatsapp, Facebook, Instagram etc... O link para que outros também leiam o que você leu e gostou está na barra de URL do seu navegador. Ou use um de nossos links de compartilhamento nesta página.

2) Se quiser acrescentar algo, elogiar, criticar ou tirar uma dúvida, deixe aqui no espaço para os comentários desta página mesmo. Ou entre em contato conosco.

3) Se quiser nos ajudar a continuar, uma das coisas que você pode fazer é visitar também um site de algum de nossos parceiros. Para isso, basta entrar lá através de nossas indicações nesta página, isto se você tiver algum interesse no que está sendo oferecido.

Seu apoio é de vital importância. E saiba que o que você fizer nos ajudará muito a manter esta obra funcionando.